"SANTA"

Fascinação, o que é fascinação? Algo que me causa arrepio na pele por este teu jeito de menina num corpo de mulher, que me enche de desejos. Não sei direito, mas, to achando que isso é a raiz de um amor.

Julia e Pedro – NOVA GERAÇÃO…

Julia e Pedro – NOVA GERAÇÃO…

Olá, nossos nomes são Julia e Pedro, temos 46 anos e somos casados a 24 anos, temos dois lindos filhos e levamos uma vida normal de qualquer família brasileira.

Temos muito respeito um pelo outro e com isso tentamos levar a vida mais agradável possível. Gostamos muito de transar, e em todo nosso tempo de casados nunca tivemos problemas de traição. Muitas vezes antes de transarmos ficamos namorando e falando sacanagens, ficamos com muito tesão, mas não está em nossas fantasias transarmos com outras pessoas, já que como disse antes, estamos muito bem servidos. Levamos uma vida sexual muito ativa. Ela gosto de se exibir, vestir roupas provocantes, mas apesar de sempre lhe dar roupas provocantes de presente, sempre aviso: É para ser usada só comigo quando saímos. Somos de famílias tradicionais em nossa cidade, conhecidos por todos, (a partir daqui contado por ela) e o Pedro morre de medo de que me vejam com uma roupa muito sexy. Sempre que possível, vamos a uns barzinhos da cidade ou a motéis. Sempre procuramos os melhores motéis da cidade, de preferência com uma banheira ou piscina. O Pedro adora quando fico com uma mini calcinha, ele não me deixa tirá-la, só na hora de trepar, e muitas vezes ele nem tira. Ele fala que eu fico muito gostosa só de calcinha. Já tiramos muitas fotos minhas só de calcinha, e até mesmo nua, mas nunca mostramos a ninguém, pois meu marido é daqueles que gosta de uma dama na sociedade e uma puta na cama. (a partir daqui contado por ele)Certo dia fomos tomar uns chopes na Cidade e darmos umas voltas, e passamos por um lugar onde tem muitas prostitutas, e veados que se vestem de mulher e ficam lindas a distância, e para nossa surpresa, tinha um carinha vestido que calculo ser loverboy e estava com o pau de fora, falei para a minha mulher e dei outra volta e quando passamos devagar, ela mostrou o pau duro e grande, demos mais umas cinco ou seis passadas, e quase parei, mas minha mulher pediu que não parasse e continuamos nosso passeio, eu não vi muita coisa pois estava dirigindo e preocupado, pois foi a primeira vez que aquilo acontecia conosco. Ela estava com as mãos frias de preocupação de ser um bandido ou algo assim e continuamos nosso passeio pela Cidade, e ela alisava meu pau e eu sua buceta até que ela acabou tirando a roupa dentro do carro e ficou nuazinha e eu adorei, ficamos assim, de vez em quando eu parava e chupava sua buceta e ela chupava meu pau, e de vez em quando passávamos por um ônibus que parecia que veriam e nos dava muito tesão. Acabamos indo para casa e metemos muito e gostoso. Até enfiei dois dedos no cú dela, coisa que adoro. Falar em adorar, gosto quando ela chupa meus mamilos devagarinho e bem suave, como só ela sabe fazer, quando ela chupa meu pau, quando ela me dá o cú, ou quando ela passa a mão no meu cú e põe um dedinho só nele e só um pedacinho. Adoro quando ela pega um pau de borracha que temos e enfia nela ou me deixa pôr no seu cú e meu pau na buceta ou vice-versa. Mas meu sonho é ser comido pelo pau de borracha que possui um cinto especial, mas que minha mulher está protelando, às vezes, acho que ela tem razão, pois ela deve pensar que posso virar viado ou coisa assim, e por isso nem toco mais no assunto. Mas continuando, passados alguns dias, minha mulher sonha com aquela carinha do pau de fora, e me conta que sonhou que ele queria esfregar o pau nela e ela não queria e acordou assustada, e quando ela me contou, eu gostei, pois gosto desses sonhos, que não passam dos sonhos, e metemos gostoso. Mais alguns dias e ela sonha com o homem do pau de fora de novo e me conta e eu deliro, pois o sonho foi que eu a levei até o homem e mandei ela bater uma punheta para o homem e ela não queria e eu ficava bravo por ter pagado cinco reais e não poderia perder esse valor e ela não concordava e falava que se eu queria tanto que eu batesse punheta no cara. Me contou e metemos muito de novo, e enquanto gozávamos ela me perguntava se queria que ela pegasse no pau do homem, e eu gozei quase um litro de porra. Minha mulher melhora a cada dia. Gosto quando minha mulher conta sacanagens sonhadas ou inventadas, ou só de dizer que gosta do meu pau, fico deliciosamente tarado. Gosto de sair com ela a noite, ela estando de roupas bem sensuais que ao final da noite ela tira o sutiã ou a calcinha que já é curtinha, além de falarmos coisas gostosas e namorarmos bastante. Devo admitir que sou tarado por minha mulher, e morro de tesão por ela e se pudesse sairíamos todas as noites se faríamos muitas sacanagens saudáveis, como essas que estou contando. Adoro quando a gente viaja e ela vai me chupando enquanto passo por ônibus e caminhões e vez por outra um caminhoneiro vê e dá um toque de luz, adoro quando ela me liga no serviço e me conta que está com saudades e falamos sacanagens. Adoro quando ela toma a iniciativa, apesar de ser meio raro e agora estou querendo namorar com ela numa boate ou outro lugar que a gente possa dançar bem gostosinho, coladinho, quem sabe num motel também pode ser, mas estou me preparando para isso. Pretendo finalmente viajar com ela para outra cidade, para metermos muito, saímos com ela usando umas roupas muito sensuais, sem preocuparmos com conhecidos, e aproveitarmos, vamos ver.

igorhunsaker