"SANTA"

Fascinação, o que é fascinação? Algo que me causa arrepio na pele por este teu jeito de menina num corpo de mulher, que me enche de desejos. Não sei direito, mas, to achando que isso é a raiz de um amor.

KATIA…

Por intermédio de um site, conheci uma mulher maravilhosa, que aqui a chamarei de Kátia.Já faz alguns dias que nós estamos nos falando por mensagem . Tudo que sei a seu respeito, foi através da internet, Kátia é alegre, meiga, descontraída e é casada. Casou-se aos 19 anos, com um industrial, residente em uma grande capital do país. Seu esposo é pastor de uma igreja evangélica renomada, a qual usa muito seu tempo, pois com suas empresas e igreja precisa dispor de muito tempo e dedicação ao trabalho das duas coisas, deixando Kátia sozinha por muito tempo.Ela por causa do…

Ler mais

Isabelle

Ela é branquinha, loira de cabelos longos até o ombro, peitos médios que encaixam certinho nas mãos e uma bunda fenomenal de tirar o fôlego de qualquer marmanjo. Sou apaixonado por ela e faria qualquer coisa para agradar minha princesinha e ela também é apaixonada por mim, apesar de tudo que já passamos e de quase termos rompido há algum tempo.Eu moro numa cidade do interior de São Paulo, porém é cidade grande e industrial, portanto temos uma vida agitada. E por isso, vira e mexe ia com meus pais para casa de um tio (irmão do meu pai) que…

Ler mais

ONTEM FOI UM DIA ENSOLARADO…

Era um domingo de manhã e eu resolvi treinar em casa mesmo. Montei a bicicleta em um rolo no quintal de casa mesmo e comecei o treino com minha esposa dormindo ainda. Depois de uns 40 minutos mais ou menos ela apareceu no quintal com uma calcinha que praticamente não existia, sem mais nada... O detalhe é que moramos ao lado de um prédio e todos os apartamentos tem visão pelas sacadas do nosso quintal. Na hora meu pau ficou duro como pedra e eu perguntei a ela onde ela ia daquele jeito. Ela respondeu que ia pegar um solzinho…

Ler mais

Perceba a malícia e inteligência da mulher mais madura.

Eu tenho certeza que foi esta que desenvolveu minha tara por mulheres mais velhas. Temos uns bons 15 anos de diferença, então, quando nos conhecemos eu deveria ter uns 22, 23 anos. Ela já estava se aproximando da casa dos 40.Toda simpática e risonha, sempre quando vinha falar comigo, não perdia a oportunidade de encostar em mim.Adorava quando alisava meu braço. Passou a apertar, deixava a mão, até o dia que sentou no meu colo, no meio da minha sala, que nem porta tinha. Trabalhávamos juntos, em setores diferentes.Depois disso não havia mais escapatória. Passamos a nos encontrar. O tesão…

Ler mais

PRECISO DE SEUS COMENTÁRIOS!!!

ELES ME AJUDAM A SABER O QUE ESCREVER. MAS… PORQUE NÃO PUBLICO A MAIORIA DOS COMENTÁRIOS??? O problema com os comentários abertos e amplos não é que eles corrompam os sentidos dos textos, mas que eles podem dessensibilizar os mesmos; não que eles questionem as paixões; mas que eles podem aleijar as emoções; não que eles encorajam uma atitude mundana, mas que eles (muitas vezes) é uma provocação para obsessões sexuais; não que eles removam os leitores, mas que eles podem distorcer a interpretação dos mesmos. A destreza de comentários é proclamada, mas o amor é negado. O que publicamos…

Ler mais

MICHELLE…

No meu trabalho, há cerca de 2 anos atrás, existia uma funcionária gostosíssima, chamada Michelle. Ela é morena, 18 anos (aparentava ter mais), cerca de 1,65m. de altura, cabelos super pretos e compridos, bunda deliciosa, coxas grossas, seios médios para grandes, e uma boca enorme, onde eu imaginava enfiar meu pau um dia... No trabalho eu sempre fui muito sério, não dando bola para as outras funcionárias, ainda mais que eu tinha uma namorada que trabalhava lá também. Eu tinha 28 anos, e nos meus 1,75m, magro atlético, cabelos e olhos castanhos, gostava de olhar para ela, mas só isso.…

Ler mais

LÉA…

Evaristo achava-se um eterno perdedor. Péssimo emprego, salário ruim, poucos amigos, uma esposa chata e filhos insuportáveis. Mas, de qualquer jeito ele se conformava. Racionalizava justificando-se que tudo aquilo tinha por motivo a razão de ter ele nascido pobre e sem rumo na vida. Para ele a falta de dinheiro e de oportunidade eram os motivos pelos quais ele acabava por tornar-se um perdedor sem chance, para o qual a sorte não sorria, mesmo que houvesse essa possibilidade. E para piorar esse quadro infeliz, Evaristo tinha que aturar a esposa esnobe do seu patrão. Explica-se: Evaristo trabalhava em uma empresa…

Ler mais

LARISSA…

Quem nunca teve uma queda por domésticas. Quem nunca fantasiou pegar de jeito uma “empregadinha”; e vou mais longe ainda: não precisa ser bonita, … apenas gostosa e, se possível, boa de cama! Digo isso não como uma hipótese, mas uma constatação fática. As mulheres creem que os homens vivem vidrados em modelos exibidas, mulheres fruta que, diariamente, surgem nos meios de comunicação de massa, … ou seja, mulheres inatingíveis cujas fotos, poses e aparições servem apenas para alimentar um devaneio momentâneo suficiente apenas para suprir uma boa masturbação. Todavia, no cotidiano, o que todo homem quer é uma mulher!…

Ler mais

MALENA…

Todos os dias, fizesse sol ou não, eu me afastava dos amigos e procurava um lugar para sentar no entorno do chafariz da praça; sempre no mesmo horário …, o horário em que ela passava …, ela …, Malena! Aquele rosto lindo emoldurado por longos cabelos pretos ondulados cujo sorriso iluminado exercia sobre mim quase um efeito hipnótico; e não era apenas isso! Havia a sensualidade de seu caminhar e a deliciosa silhueta que preenchia com perfeição os vestidos estampados com decotes generosos, proporcionando um pequeno delírio em quem se aventurasse a espiar com mais atenção. Malena era tudo que…

Ler mais

LINA…

Como todos sabem sou amante da prática de atividade esportiva não apenas por razões óbvias, mas principalmente por uma questão de saúde física e emocional. Assim é que costumo fazer caminhada e corrida diariamente próximo ao bairro onde moro, pois lá existe uma larga avenida onde foi construída, no canteiro central, uma pista de concreto adequada para a prática desse tipo de atividade. E faço essa atividade, habitualmente, de manhã, dividindo espaço com outros aficionados pelas mesmas razões que as minhas. “Um certo dia” (expressão mais batida que essa impossível!), eu estava terminando meu “circuito” com uma corrida de explosão…

Ler mais